Radical


Histórico

Dwayne Taylor foi criado por um ex-sargento militar, Chord, e uma mestre em artes marciais, Tai, após seus pais serem assassinados. Com esta motivação, o jovem cresceu imaginando formas de combater o crime, utilizando os recursos da Fundação Taylor – a rica empresa que seus pais haviam lhe deixado. Ele treinou seu corpo até alcançar a perfeição atlética e criou apetrechos especiais para lutar contra a proliferação de gangues nas ruas de Nova York, mas logo buscou objetivos maiores: convocar jovens superpoderosos para formar uma nova superequipe.
Adotando o codinome Radical, Dwayne uniu-se aos heróis Flama, Marvel Boy, Nova, Speedball e Namorita para formar os Novos Guerreiros. Ele era o líder e financiador do time, com dinheiro suficiente para dar um bom quartel-general aos colegas.
Foi durante aventuras com os Guerreiros que Radical descobriu que sua protetora Tai era a verdadeira responsável pela morte de seus pais, e que a Fundação Taylor estava envolvida com o crime organizado e outros negócios ilícitos. Dwayne eventualmente deixou a equipe de heróis para dedicar-se somente à presidência da Fundação – que ainda financiaria a equipe, mas também se voltaria à filantropia.
Após problemas financeiros que afundaram a Fundação Taylor – uma suposta cura do câncer que se provou falsa –, Taylor associou-se aos produtores de TV irmãos Ashley, para transformar os Novos Guerreiros na atração de um reality show de caça a supercriminosos nas pequenas cidades dos EUA. O seriado não deu certo e a Fundação entrou em processo de falência, o que não impediu os Guerreiros de tentar continuar seu programa por conta própria.

Poderes 

Não possui superpoderes, apenas grandes habilidades atléticas e uma armadura especial
Armas 

Dois bastões que utiliza com extrema habilidade, além de uma grande variedade de armas, como spray de pimenta, explosivos plástico e napalm, um garrote com fio de adamantium e outras