Argenta - Antonia Louise Monetti (Toni)

Toni Monetti é filha de um antigo Senador dos EUA, um homem influente de Nova Jersey. Ela tinha uma vida de comodidade e não aspirava a nada. Entretanto, em seu íntimo, sentia falta de algo e, aos 16 anos de idade, a pele dela tornou-se pálida. Isto foi uma manifestação de seu DNA alienígena e de seus poderes, embora ela não soubesse de nada até aquele momento.

Durante sua festa de aniversário, Toni foi misteriosamente abduzida, acordando na nave do temível H’San Nattal. Lá, ela conheceu outros adolescentes poderosos na mesma situação e juntos resgataram outra garota meta-humana, criada em um programa que simulava realidade virtual. O grupo de adolescentes escapou dos alienígenas e retornou à Terra, onde encontraram segurança e apoio junto a Loren Júpiter e sua enigmática parceira, Sina.

Durante uma aventura, os jovens descobriram que eram meio-alienígenas, e que suas mães haviam sido inseminadas por H’San Natall anos atrás. Todos tinham nascido em 21 de junho. Esses jovens eram parte de um plano de H’San Natall para derrotar os seres poderosos da Terra.
O grupo permaneceu unido e, com a liderança de Loren Júpiter, tornou-se a nova encarnação dos Titãs. Isaiah Crockett tornou-se Joto, capaz de gerar calor; Toni Monetti tornou-se Argenta, que controla plasma; com sua enorme resistência, força e velocidade, Cody Driscoll tornou-se Risco; a garota alienígena, capaz de absorver e projetar luz, tornou-se Prisma; Eléktron decidiu se unir ao time para aprender a reajustar sua vida como adolescente, uma vez que o Extemporâneo, durante a Zero Hora, o havia rejuvenescido.

Inicialmente, Toni não levou a sério a situação, contudo, após a batalha contra Haze, seu amigo Joto aparentemente morreu, deixando o grupo devastado. Ela sentiu a morte dele intensamente, decidindo tornar-se uma heroína de verdade. Entretanto, com estas complicações, Júpiter resolveu desfazer o grupo.

Um tempo depois, Argenta acompanhou Robin em uma missão contra as drogas e ela descobriu que o próprio pai estava envolvido no tráfico de narcóticos.Sem saber como lidar com isso, manteve a informação em segredo.

Argenta reagrupou a equipe com mais dois novos integrantes: Limite e CM3. Após outro conflito com H’San Natall e The Veil, o grupo descobriu que Joto estava vivo. Eles o resgataram, mas Prisma e Limite decidiram permanecer no espaço. Assim, o restante seguiu seu próprio caminho.

Com os originais

Após isso, Argenta ajudou o grupo contra o Império Technis, quando Victor Stone dominou a Lua. Os cinco Titãs originais decidiram reformar o time e convidaram-na. Os Titãs se envolveram em uma missão na qual envolvia a droga “Velocidade 9” e descobriu-se que era o pai dela o distribuidor da droga. Forçada a escolher, Toni aceitou entregar seu pai.

Tempos depois, um andróide do futuro chamado Índigo atacou os Titãs e a Justiça Jovem, resultando nas mortes aparentes de Tróia e Sina. No funeral de Tróia, Asa Noturna desfez o grupo novamente.

Argenta ajudou novamente o grupo contra o Dr. Luz e em Crise Infinita contra Superboy Primordial. Tornou-se membro do grupo enquanto Robin estava viajando o mundo junto a Batman e Asa Noturna, permanecendo no grupo por pouco tempo. Foi neste período que Toni se envolveu com Molécula. Tempos depois, todos aqueles que já foram Titãs foram atacados pelos Filhos de Trigon e Argenta não foi a exceção.

Mais tarde, Toni foi sequestrada pelos Titãs do Terror e forçada a lutar na arena do Rei Relógio. Então, ela se libertou e ajudou a Devastadora e os outros jovens capturados a derrotar o Rei Relógio e seu grupo, desmatelando o Dark Side Club. Ao fim do confronto, Argenta decidiu seguir seu caminho solitariamente.

Poderes & Armas

Toni é capaz de criar vários construtos de plasma, incluindo adagas prateadas, escudos e discos de transporte. Após a criação, a energia plasmática torna-se tangível.

Fonte : Torre Titã