Judoka

O Judoka foi o nome uma revista em quadrinhos da Editora EBAL publicada entre 1969 e 1973, incialmente a revista era estrelada pelo Mestre Judoca, personagem da Charlton Comics (atualmente pertencente a DC Comics), porém a revista original do Mestre Judoka da Charlton Comics foi cancelada nos EUA no sexto volume, a solução foi a criação de uma nova série de história em quadrinhos criada por Pedro Anísio e Eduardo Baron.
Após salvar a vida de um senhor que estava prestes a ser atropelado, Carlos Rodrigo da Silva descobre que o ancião é na verdade o mestre de artes marciais Shiram Minamoto. Em agradecimento, o mestre dispõe-se a treinar o rapaz, que torna-se um poderoso lutador. Decidido a usar suas novas e fantásticas habilidades para o bem, Carlos passa a percorrer o Brasil combatendo o mal sob a identidade do Judoka.
Em suas viagens Carlos estava sempre acompanhado da namorada, Lúcia, e do Mestre Minamoto. Com o tempo Lúcia passaria a ser também treinada pelo Mestre, tornando-se a segunda Judoka, parceira do herói. Algumas aventuras também apresentavam a família de Carlos: seus pais José e Célia e os tios Benevides e Lilu.
O Judoka enfrentou um grande número de criminosos e vilões, mas nenhum foi recorrente ao ponto de se tornar um arqui-inimigo.
A revista do Judoka teve sua publicação iniciada pela Editora Brasil América Ltda (EBAL) em outubro de 1969, com desenhos de Pedro Anísio, Mario Lima e outros, e texto de Eduardo Baron. Foi distribuída até 1973. O personagem chegou inclusive a ser adaptado para o cinema no início da década de 70, com Pedro Aguinaga e Elisângela nos papéis de Carlos e Lúcia. Uma importante característica das aventuras do Judoka tem a ver com suas viagens por todo o Brasil – dessa forma, suas aventuras tinham como cenário os mais diversos pontos do país.