Brendon




Brendon apareceu nas bancas de toda a Itália em junho de 1998 de forma bimestral (fórmula adotada ainda hoje), criado por Claudio Chiaverotti, um velho conhecido da escuderia Bonelli. 
Sempre com os olhos roxos de um típico "mal dormido", sorri muito pouco e quase sempre está sozinho com seus pensamentos. Este é Brendon, um cavaleiro de ventura, um mercenário que tenta sobreviver num mundo devastado por uma chuva de meteoritos. Depois da catástrofe, o gênero humano regrediu séculos e surgiram os mutantes, na maioria das vezes ferozes e desapiedados. Apesar dessa decadência, Brendon mantém sua humanidade, tem um coração nobre e acredita na amizade. A maior parte de suas aventuras diz respeito a assassinos e predadores, mas não falta o toque sobrenatural. 

Quem são seus amigos? O seu robô-mordomo Christopher, que continuamente o persegue com suas extravagantes receitas à base de verdura, o doutor Emid Nox, um personagem bizarro mas muito competente no seu ofício, e o fiel cavalo Falstaff. 

Quem são seus inimigos? Não se trata de um só inimigo em carne-e-osso, mas de toda uma seita, a seita da Lua Negra, responsável pelo homicídio da mãe de Brendon. Por isso o cavaleiro de ventura, quando ainda era garoto, jurou dedicar o resto de sua vida à destruição da terrível seita.

Fonte : UBC Fumetti.