Sonja


Red Sonja é uma personagem criada por Roy Thomas inspirada em contos de Robert E. Howard, ligada ao universo de Conan, o Bárbaro.

História

Sonja vivia na Era Hiboriana, numa fazenda da nação conhecida com Hirkânia. Nascida em uma família bastante modesta, sua mãe era uma mulher de grande fibra e seu pai, um mercenário aposentado. Juntos com seu dois irmãos, eles compunham um lar feliz.

Todos os dias, o pai de Sonja pacientemente ensinava aos filhos homens o manejo da espada, enquanto à menina só era permitido assistir às instruções. A bela ruiva, contudo, não aceitava aquilo e, quer por orgulho, quer por ciúme dos seus irmãos, todas as noites saía escondida para praticar o que lhe era proibido.

De repente, num agradável dia de outono, uma tropa de mercenários surgiu das montanhas. Eram antigos companheiros de seu pai, convidando-o a unir-se a eles para a campanha de inverno, onde iriam agir no reino de Khitai. Recusando o convite, o velho foi morto pelos ex-companheiros. Em seguida os criminosos chacinaram sua mulher e filhos, e o líder deles violentou a linda Sonja. Ateando fogo à casa, os mercenários partiram e, por milagre, a jovem ruiva conseguiu escapar das chamas, enrolando seu corpo em um coberto molhado. Deixando a casa, desesperada, ela tombou no chão quase desfalecida, quando a visão de uma deusa chamou-lhe a atenção.

Com uma voz que lembrava música e o ribombar de trovões, a divindade falou à jovem que poderia conceder-lhe força para vencer seu sofrimento e assumir a emocionante vida de guerreira. Para que isso acontecesse, Sonja teria que fazer um juramento de jamais permitir que homem algúm tocasse seu corpo, a não ser aquele que a vencesse numa batalha. Aceitando as condições propostas a ruiva foi tocada pela espada da deusa e, a partir de então tornou-se outra pessoa. Cheia de coragem empunhando uma lâmina como ninguém, ela saiu a vagar por todo o continente, oferecendo seu serviços de guerreira ao exército que melhor lhe pagasse.

Trajes

Muitos artistas desenharam Red Sonja vestindo um curto biquini-armadura prateado, que trazia na indumentária argolas e botões reluzentes e que se tornaria famoso entre os leitores. Na primeira versão do personagem desenhada por Barry Windsor-Smith, nas aventuras de Conan "The Shadow of the Vulture" (A sombra do abutre) e "The Song of Red Sonja" (A canção de Red Sonja), revistas Conan the Barbarian 23 e 24 (1973), ela aparecera com roupas mais conservadoras, uma blusa de malha e calças curtas de seda vermelha.

Roy Thomas contou na introdução da revista Red Sonja Adventures Volume 1 (Dynamite Entertainment) que o artista espanhol Esteban Maroto que ilustrava a revista Savage Sword of Conan, redesenhou a roupa de Sonja e criou o biquini, no estilo de outras heroínas que ilustrava na década de 1970. Esse desenho foi publicado pela primeira vez na revista de Jim Steranko Comixscene #5 em preto e branco. Depois foi republicado em Savage Sword of Conan #1 e em Marvel Treasury Edition #15 colorida mas com reprodução empobrecida. Finalmente, o desenho foi restaurado e colorido por José Villarrubia como uma das capas da edição da Dynamite Entertainment de Red Sonja #2. Maroto voltaria a desenhar a heroína com o biquini numa página dupla de Savage Tales #3 e na primeira aventura solo de Red Sonja em Savage Sword of Conan #1. John Buscema ilustrou-a com o mesmo traje na mesma revista. Buscema voltou a repetir a aparência dela nesses trajes nas revista 43, 44 e 48 de Conan the Barbarian (1974) e Dick Giordano na primeira revista da Marvel Feature (1975) até que Frank Thorne assumisse a arte na revista 2 (1976). O "biquini" se mostrou popular entre os leitores, ficando bem conhecido com as pinturas de Boris Vallejo e outros.

Red Sonja e o Homem-Aranha

A Editora Marvel possibilitou esse interessante crossover na Revista do Homem-Aranha número 2, publicada pela Editora Abril em Agosto de 1983. A história, chamada de Demônios do Passado, se passa num museu onde Kulan Gath possui o corpo do guarda do museu através de um amuleto negro de ônix recém encontrado em expedições arqueológicas na Europa.

Chamado a ir ao museu e ver o que está a acontecer, Peter decide entrar no prédio como Homem-Aranha. Enquanto luta com vários demônios, Mary Jane (que havia chegado com Peter) adentra ao prédio para procurar Peter quando ouve um chamado de uma espada reluzente. Ao empunhá-la, Mary Jane se transforma em Sonja. A partir daí, Sonja e o Homem-Aranha se juntam para derrotar Kulan Gath. Em 2007, um novo encontro entres os 2 personagens foi feito.

Cinema

1985

Em 1985, Brigitte Nielsen interpretou a guerreira ruiva no filme Red Sonja (erroneamente traduzido como Guerreiros de fogo), que também estrelou Arnold Schwarzenegger como o Príncipe Kalidor (um clone de Conan). O filme foi dirigido por Richard Fleischer e não foi bem recebido pela crítica e pelos fãs.

2011

Está previsto para ser lançado em 2011 uma nova adaptação cinematográfica da personagem, dirigida por Douglas Aarniokoski e estrelada por Rose McGowan. O filme conta a origem da personagem, desde sua trágica juventude até se tornar uma guerreira.

Fonte :
 
Wikipédia