Adam Strange


Adam Strange é um personagem da DC Comics criado no ano de 1958, por Gardner Fox. Suas histórias eram inspiradas em John Carter of Mars, personagem dos livros de Edgar Rice Burroughs, além de ser influenciado por Flash Gordon e Buck Rogers.

Quando Adam Strange foi publicado no Brasil pela Editora Cruzeiro e depois pela Ebal, o herói foi batizado de Joe Cometa.

Origens

Adam Strange era um arqueólogo que por intermédio dos efeitos dos misteriosos raios zeta foi teletransportado através do universo e se rematerializou no Planeta Rann. Ali se tornou seu principal herói e constituiu família. Ele só permanecia em Rann enquanto duravam os efeitos dos raios em seu corpo, retornando à Terra sempre ao final das histórias. Para voltar para lá, ele viajava pelo mundo até os locais em que o raio atingiria a Terra uma vez mais.

Sua missão era proteger Rann das ameaças alienígenas usando alta tecnologia como uma arma de raios, um foguete acoplado às suas costas e um capacete com visor transparente. Por um erro de um autor numa história da Liga da Justiça, onde o Flash cita que Strange seria uma otima aquisição para a equipe sendo que a equipe nunca tinha encontrado o heroi, os autores tiveram que criar uma aventura na qual Adam Strange e A Liga da Justiça lutavam contra Kanjar-Ro.

Nos anos 80 Alan Moore muda a história do personagem, tornando-a mais cínica. Fazendo com que o Monstro do Pântano chegasse ao planeta Rann e se defrontasse com Adam, no final da história com grande parte dos diálogos no "dialeto" local (sem tradução), descobre-se que Adam fora levado para Rann com o verdadeiro intuito de repovoar o planeta, um lugar sem crianças. Descobre-se ainda que Alanna consegue enfim engravidar.

Em JLA #20 (julho de 1998) Alanna morre ao dar à luz sua filha Aleea. Mas depois se revela que ela continua viva.

Recentemente

Adam retorna em uma história cataclísmica, que marca o início de um conflito que pode significar o fim de um mundo – ou de dois!.

Tudo começa quando o raio que iria transportá-lo em definitivo para o planeta Rann não se manifesta. Tendo deixado sua mulher e sua filha no distante mundo, ele entrou em profunda depressão. Quando dois caçadores de recompensa espacial apareceram, eles lhes contam que o planeta Rann havia sido destruído e que o herói era o suspeito número um de ter causado a tragédia. Adam – que tinha certeza de que sua esposa ainda estava viva em algum lugar – começou uma cruzada para descobrir a verdade. Um planeta não pode simplesmente desaparecer.

Com essa idéia fixa em sua mente e de posse de um irradiador zeta, Adam resgatou um antigo uniforme e foi até o local onde Rann orbitava. Chegando lá, encontrou apenas vácuo e radioatividade. À beira da morte, o herói foi resgatado por uma nave thanagariana, que o prendeu e o condenou pelo desaparecimento de Rann.

Fugindo com a ajuda de Sh’ri Valkyr – uma oficial do exército de Thanagar que implantou um dispositivo de rastreio em Adam – o herói se teleportou para perto de uma velha estação estelar de seu planeta adotivo, onde encontrou os Omega Men.

Juntos, os aventureiros do espaço sobreviveram a uma investida da Guilda das Aranhas – em conjunto com a L.E.G.I.Ã.O. de Vril Dox – e, enfim, conseguiram descobrir o paradeiro de Rann.

O astro estava em um universo paralelo morto, onde foi encontrado pelo destruidor Cósmico, que desejava drenar a energia do planeta!

Juntos, os Ômega Men, Adam Strange, a L.E.G.I.Ã.O. e os últimos Darkstars travaram uma batalha férrea e venceram o destruidor , teleportando o planeta para fora do universo vazio, abandonando a terrível criatura lá. Mas Valkyr, a oficial thanagariana aliada do destruidor Cósmico, alterou as coordenadas do teleporte e fez com que o planeta aparecesse próximo à Thanagar, deslocando sua órbita e condenando-o à morte. É o início de mais um confronto entre os dois mundos.

Habilidades 

Com um jato ele pode voar, fazendo viagens interestelares e gerar uma rajada de luz sólida de sua roupa espacial.