Rapina - Hank Hall


Os irmãos Hank e Don Hall nasceram em Elmond . Hank Hall sempre se mostrou atlético e muito agressivo, diferente do seu irmão caçula, Don Hall, que era calmo e intelectual. Mas esta diferença os tornou muito próximos, Don tentava controlar o comportamento de Hank e este protegia seu irmão.
Hank cresceu com um extremo sentimento patriótico e acreditava firmemente na força como solução para o Regime Comunista. Seu pai, o juiz Irwin Hall, não julgava as visões dos filhos: Hank, um conservador e Don, um liberal. Ele tentou fazer com que os filhos percebessem e aprendessem que a justiça requer equilíbrio e não apenas conflitos.
Certa vez, um criminoso conhecido como o Chefe Dargo tentou assassinar o Juiz Hall com um atentado à bomba, cuja explosão feriu o juiz. Hank convenceu Don a acompanhá-lo ao esconderijo do aspirante a assassino e lá, os jovens descobriram o plano do criminoso. Porém, uma porta travada impediu-os de deixar o esconderijo. Num momento de desespero, Don desejou possuir algum tipo de superpoder, quando de repente, uma voz misteriosa atendeu a esse desejo. Descobriu-se que as vozes eram de Lordes Caos e de sua eterna inimiga Terataya, que apesar da inimizade apaixonaram-se e queriam provar aos outros Lordes que a Ordem e o Caos poderiam trabalhar juntos para manter um equilíbrio recíproco.
Eles encontraram nos irmãos Hall as cobaias perfeitas para pôr em prática essa teoria: duas pessoas, um para abrigar a energia do Caos e outra para abrigar a da Ordem. Com isso, Hank tornou-se Rapina, por ser mais agressivo. Para a transformação bastava pronunciar o nome “Rapina” em alguma situação de perigo e se transformava no herói; após o momento de tensão, Rapina voltava a ser Hank Hall. Entretanto, o uniforme não podia ser removido em mundos não-mágicos como a Terra, escondendo o fato de que Hank, assim como seu irmão, enquanto Rapina e Columba, não eram inteiramente humanos.
Os irmãos uniram-se à Turma Titã por pouco tempo. Eles tomaram parte realmente dos Titãs da Costa Oeste. Neste período a agressividade de Rapina passou a ser controlada por seu irmão, Columba. Observando a tudo, os Lordes do Caos e da Ordem perceberam que Don era muito íntimo de Hank, decidindo “exterminar” a parte Columba, assim Don Hall morreu durante a Crise nas Infinitas Terras, tentando salvar uma criança.
Sem a presença do irmão que o equilibrava, Rapina tornou-se cada vez mais agressivo, fazendo com que fosse retirado seu título de Titã honorário. Então, ele passou a configurar na lista negra de vinte países. A ordem só foi restabelecida com o surgimento da nova Columba. Após intensa relutância, apina aceitou a garota, porque percebeu que a mesma não era uma usurpadora, mas sim, de certa forma, continuava com o trabalho de seu irmão.
Em uma aventura em outra dimensão, Hank descobriu a verdadeira natureza de seus poderes, ou seja, que fora na verdade, agraciado pelo Lorde Caos. Dez anos no futuro, um ser poderoso ditava as regras no mundo. Sabendo que este tirano era, na verdade, um antigo herói, um homem chamado Tempus voltou ao passado para impedir a origem do Monarca. Durante a batalha contra os heróis da Terra, Monarca tentou escapar e acabou capturando Dawn Granger, a Columba.
Monarca pretendia construir um poderoso maquinário para dominar a Terra do presente. Rapina os seguiu e quando Columba tentou deter o vilão, este aparentemente acabou matando-a. Novamente, com Columba morta, ninguém podia atenuar a fúria de Rapina. Assim, Hank assassinou o Monarca, descobrindo que este era ele mesmo, dez anos no futuro. Assim, Hank olhou para o vilão e para seu maquinário e decidiu vestir o manto do Monarca para tentar equilibrar a Terra. Porém, os heróis da Terra derrotaram Hall, o então Monarca.
A morte de Columba, entretanto, foi parte de um plano do feiticeiro Mordru, que salvara Dawn, criando um simulacro para induzir ao pensamento de que Columba havia morrido.
Mordru conhecia a ligação entre Rapina e Columba, ou seja, o equilíbrio entre o Caos e a Ordem, planejando assim, usar Dawn para fins próprios. Entretanto, antes de sua aparente morte, Dawn engravidou-se de Hank, dando à luz Hector Hall, que mais tarde tornou-se o Sr. Destino.
Roubando a energia cronal de Tempus, Monarca adotou o nome de Extemporâneo e juntou-se a Hal Jordan, agora Parallax, para criar apenas uma realidade. Neste momento, revelou-se que o líder da Tropa Titã era o Monarca, que, por sua vez, criara o futuro alternativo para treinar meta-humanos como agentes assassinos. Parallax tentou reiniciar o tempo à sua vontade, mas Detonador recriou o “Big-Bang”, restaurando nossa linha temporal.
Extemporâneo continuou tentando manipular o tempo, segundo sua vontade, mas em um confronto com a Sociedade da Justiça, o Esmaga-Átomo substituiu sua mãe, que morreria em um desastre aéreo, pelo vilão. Este evento ocasionou o fim de Extemporâneo.
Tempos depois, o cosmo se viu assolado pelo terror dos Lanternas Negros. Estes almejavam destruir a luz da vida, justificando que a verdadeira paz estaria na escuridão da morte. Sob a liderança de Nekron, várias pessoas, incluindo heróis e vilões, retornaram como agentes negros, agindo como zumbis que se alimentavam das emoções alheias.
Durante este momento, Hank Hall ressurgiu como Lanterna Negro,enfrentando os Titãs e sua ex-parceira, Columba. Neste ínterim, o Lanterna Negro Hank Hall assassinou a nova Rapina, irmã da Columba.
Entretanto, Nekron e os Lanternas Negros foram derrotados pelos heróis, principalmente pela Tropa dos Lanternas e Entidade Branca. Nestas circunstâncias, Hank Hall foi ressuscitado como o Rapina, assim como outras onze pessoas. Ao despertar, o herói demonstrou ira por ter sido manipulado, mas como sempre, foi contido pela Columba.
Como Rapina, Hank Hall possui extrema força, resistência e inteligência; Como Monarca também possuía força descomunal e grande velocidade. Utilizava ainda uma armadura com grande poder (rajadas energéticas e teleporte); Como Extemporâneo, Hank tinha controle do tempo, podendo viajar por várias eras. Possuía também resistência e rajadas cronais, que podiam alterar a idade de suas vítimas.

Fonte : Torre Titã