Lone Ranger


The Lone Ranger é um famoso cowboy fictício do rádio, cinema e televisão. A palavra Ranger causou dificuldades de tradução já que o significado original (policial do Texas) não fazia sentido em português. Nas versões mais recentes, o cowboy é chamado de "O Cavaleiro Solitário", mas no Brasil ficou conhecido durante muitos anos pelo nome de Zorro (outro personagem, herói de capa e espada), dada a máscara negra que nunca tirava do rosto.Seu eterno companheiro é o índio Tonto, cujo nome foi mantido na tradução, mesmo sendo uma palavra pejorativa em português (significa algo como trapalhão ou desajeitado), que não tem nada a ver com o personagem, um valoroso combatente dos fora-da-lei. The Lone Ranger foi criado por George Washington Trendle e equipe, e desenvolvido pelo escritor Fran Striker.

Além da máscara negra e do companheiro índio, Lone Ranger possuia um belo cavalo branco chamado Silver, famoso pelo grito que o herói dava ao se despedir a galope em direção ao horizonte: "Hi-yo Silver, away!". O nome do cavalo de Tonto era Scout (Escoteiro, no Brasil). Nos quadrinhos, Lone Ranger tinha pontaria certeira com ambas as mãos, e sempre usava balas de prata, fundidas em uma mina própria desconhecida, herdada de um velho mentor. Nunca atirava para matar, preferindo desarmar seus oponentes com tiros certeiros em suas pistolas. Apesar da máscara, Lone Ranger nunca era perseguido pelas autoridades. Em algumas aventuras ele era acompanhado pelo sobrinho Daniel Reid (cujo cavalo tinha o nome de Victor), que agia como seu parceiro adolescente.

Origens

A primeira transmissão de "Lone Rangers" ocorreu em 30 de janeiro de 1933, no canal de rádio WXYZ de Detroit, Michigan. O nome do policial era Reid, mas depois foi alterado nas versões posteriores. Tonto, um provável apache, era seu amigo de infância. Os dois se reencontram na idade adulta, quando Tonto salva Reid de índios renegados ao reconhecer um anel que ele dera ao seu amigo na infância. Essa versão também foi alterada. Reid resolve usar a máscara para se vingar de criminosos que assassinaram seus companheiros Rangers, para que os vilões continuassem a pensar que ele havia morrido. A última transmissão de rádio do Lone Ranger foi em 3 de setembro de 1954.

Mas o heróico cowboy se tornaria conhecido internacionalmente graças a série de cinema e TV estrelada por Clayton Moore, que foi produzida de 1949 a 1957. No cinema, os filmes foram produzidos pela Republic Pictures. Moore foi substituído por John Hart no período de 1952-1954. Jay Silverheels era o Tonto. Em 1956 e 1958 Clayton Moore realizaria dois filmes com seu personagem. Em 1961 a CBS lançou um piloto para outra série de TV, chamado Return of the Lone Ranger, estrelado por Tex Hill. Em 1981 foi lançado o filme The Legend of the Lone Ranger, considerado um fracasso. Em 2003 a Warner Brothers lançou um telefilme de duas horas, um piloto de uma provável série. O filme, porém, não empolgava, e o projeto foi cancelado.

Desenhos Animados

O Lone Ranger apareceu em desenho na CBS, durante o ano de 1966 a 1968; nos anos 80 ele dividiu um programa da Filmation com o Zorro e Tarzan.

Quadrinhos

O Lone Ranger foi distribuído como tira de jornal pelo King Features Syndicate, de 1938 a 1971. Inicialmente desenhado por Ed Kressy, foi substituído em 1939 por Charles Flanders que se manteve até o final. Em 1981, houve outra tira escrita por Cary Bates e desenhada por Russ Heath, que durou até 1984. Em 1948 a Dell Comics lançou a revista em quadrinhos, que teve 145 edições, com reproduções das tiras dos jornais, mas também com produção inédita. Em 1962 a Gold Key Comics continuaria com as revistas até 1977. Tonto teve sua revista própria em 1951, que durou 31 edições, assim como o cavalo Silver, lançado em 1952 com 34 edições. Foram ainda lançadas 3 (três) Anuais e uma adaptação do filme de 1956. No Brasil, o material foi publicado pela Editora Ebal na revista Zorro, até meados dos anos 70, sempre com grande sucesso.

Curiosidade

Por ter sido criado por George W. Trendle, Lone Ranger seria tio-avô do Besouro Verde.

A Piada

Lone Ranger :  "- Tonto! Nós estamos cercados por índios hostis"

Tonto : "- O que quer dizer com NÓS, cara-pálida?"

Fonte : Wikipédia