Penitência


Origem: A anti-heroina é uma entidade mística que se manifesta sempre que ocorre uma grande impunidade. Sua origem remota-se ao fim do século XIX. Ela foi uma freira carmelita que se opôs à tirania dos latifundiários no sertão baiano. Suas atitudes, um tanto quanto sublevantes, provocaram a ira das autoridades civis e eclesiásticas. Em represália, o alto clero a destituiu de sua ordenação e em seguida excomungou-a, sob a falsa alegação de heresia a santa igreja. Após ser deposta, ela passou a ser severamente perseguida por seus desafetos e acabou sendo brutalmente assassinada. No entanto, um século após o fatídico crime, uma misteriosa entidade, motivada pela crueldade e injustiça que se apossara da humanidade, decidiu trazê-la de volta ao mundo dos vivos e imbuí-la de uma importante missão: Restabelecer o equilíbrio entre o caos e a ordem... E punir com severidade os seus transgressores.

Poderes: Os poderes da Penitência desafiam uma explicação lógica e também são difíceis de serem classificados. Ela pode mesclar-se as trevas, tornando-se parte delas. Na forma sombria é capaz de reduzir sua densidade corporal até o ponto da intangibilidade. Nesse estado, pode levitar e até transpor matéria sólida. Na forma original ainda possui a capacidade camaleônica de alterar sua forma física, assumindo o aspecto daquele quem desejar.

Armas: A Penitência se utiliza de um estranho artefato em forma de cruz para projetar as chamas divinas, uma espécie de energia mística capaz de gerar terríveis ilusões. As projeções são tão reais que as vítimas da energia acabam sofrendo danos mentais ou falecem em decorrência de ataque cardíaco.

O Autor : Nascido e criado na cidade Feira de Santana (Bahia), em 1975, Marcos Franco, assim como muitos, iniciou a produção de HQs desde a infância. Colecionador compulsivo, consumia gibis dos mais diversos gêneros e estilos. Conseqüentemente, passou a querer cada vez mais, não se contentando somente a colecionar, mas sim produzir também. Assim, começou a criar seus próprios personagens, entre rabiscando e muitas idéias, projetando suas primeiras HQs.

Fonte : ZineBrasil