Mon-El - Lar Gand


Lar Gand, um jovem cientista Daxamita, fugiu de seu planeta natal para escapar de uma seita religiosa que abominava a ciência em qualquer forma. Ele escapou numa antiga espaçonave que tinha sido descoberta e estava programada com coordenadas para a Terra. A nave o colocou em estase durante o vôo, enquanto lhe alimentava com dados sobre a língua e costumes de Krypton. Caindo na Terra, na fazenda dos Kent. O primeiro contato de Lar foi com o jovem Clark Kent. Sofrendo amnésia por causa do impacto da queda, as primeiras palavras de Lar para Clark foram em Kryptonês, devido aos dados que a nave lhe forneceu. Acreditando que Lar era Kryptoniano, Clark deu a ele o nome Mon-El, combinando “El”, sua própria casa Kryptoniana e “Mon” de “Monday”, “segunda-feira” em inglês, o dia de sua chegada. Com isso, foi adotado pelos Kent como um irmão mais velho de Clark.

Inesperadamente, Mon-El ficou mortalmente doente devido ao chumbo no ar da Terra, elemento mortal aos Daxamitas. Envenenado incuravelmente, a única esperança de Mon-El era o exílio na Zona Fantasma, onde ficou por anos, durante os quais Clark cresceu até a idade adulta e tornou-se o Superman.

Tempos depois, a Zona Fantasma foi destruída, Superman salvou Mon-El, mas os efeitos do envenenamento de chumbo recomeçaram imediatamente. Desta vez, Mon-El foi salvo ao beber o conteúdo de uma garrafa portando o símbolo da Legião dos Super-Heróis que Clark havia descoberto.

Quando Superman trocou a Terra por Novo Krypton, ele pediu a Mon-El que assumisse seu lugar como protetor de Metrópolis. Mon-El concordou, sendo tutoriado por Aço e Guardião. Assim, interagiu com Superboy, confeccionou um novo uniforme e se tornou membro da Liga da Justiça.

Mon-El também passou a se envolver com Billi Harper, sobrinha-neta do Guardião. Após salvar Novo Krypton, o herói, agora perto da morte, tornou-se imune ao antídoto contra envenenamento por chumbo. Assim, teve que retornar para a recriada Zona Fantasma, onde encontrou Chris Kent e permaneceu lá até ser resgatado pela Legião no Século XXXI. Em seguida, foi curado de seu envenenamento. Se o seu longo isolamento causou perda de memória ou se procurou evitar um paradoxo temporal, as causas de Lar nunca ter mencionado suas aventuras do século XXI são desconhecidas.

Como membro da Legião, lutou contra o Superboy Primordial e sua Legião dos Super-Vilões. Durante a guerra, convenceu Sodam Yat a lutar; aliou-se a uma versão alternativa sua da Terra 247 e presenciou os retornos de Bart Allen e Conner Kent. Recentemente, Mon-El foi escolhido para ser um Lanterna Verde por Dyogene e, antes de ir, ele diz a Sombria que mesmo sendo um Lanterna Verde, a Legião, a Terra e seus amigos, sempre serão a sua família.

Depois da guerra entre Kryptonianos e Humanos, foi revelado que Billi ficou grávida de Mon.

Fonte Torre Titã