Abe Brown


Um dos heróis da HQ “Filhos do Tigre”. Os Tigres apareceram pela primeira vez no n° 1 (com data de abril de 1974) do magazine em preto-e-branco “Deadly Hands of Kung Fu” (“Kung Fu”, na versão brasileira). A historieta foi criada para aproveitar a onda dos filmes do gênero da época. 
Junto com Bob Diamond e Lin Sun, Abe Brown foi um dos alunos mais qualificados a frequentar a escola de artes marciais dirigida por Mestre Kee. Este deu a cada aos um dos três alunos pedaços de um talismã de jade em forma de cabeça de tigre e patas dianteiras, quando ele sofreu ferimentos mortais devido a ataque de um grupo de terroristas ninja. Como os Filhos do Tigre, os três artistas marciais vingaram a morte de seu mestre, e tornaram-se um grupo de aventureiros por certo tempo.

Brown conheceu então um detetive particular chamado Nathaniel Byrd, também conhecido como Blackbyrd. Brown ajudou-o a combater o plano do Oil Company Caxon: a troca de armas de fogo no mercado negro por plutônio ilegal. Blackbyrd depois contatou os Tigres para ajudar a investigar as atrocidades no Presídio Estadual de Nova Troy. 

Bob Diamond tinha se envolvido romanticamente com uma mulher chamada Lotus Shinchuko , que se juntou ao grupo. Quando Diamond disputou-a com Lin Sun, começou uma briga e ele atingiu Brown. Este, com raiva, arrancou seu “pendant” tigre e saiu. Percebendo que, dessa maneira, os Tigres não poderiam ser uma equipe viável, eles se separaram. Brown ficou com Lin Sun e Lotus na escola de artes marciais. Abe Brown é irmão de Hobie Brown, o “Gatuno”.

Antônio Luiz Ribeiro e Dupret