Lanterna Verde - Kyle Rayner


Kyle Rayner é um super-herói do universo da editora DC Comics, mais conhecido por ter sido um Lanterna Verde, membro de uma força policial intergaláctica conhecida como Tropa dos Lanternas Verdes. Criado pelo escritor Ron Marz e pelo artista Darryl Banks, Rayner apareceu pela primeira em Green Lantern vol. 3, #48, como parte da saga Crepúsculo Esmeralda, aonde a DC Comics substituiu o tradicional Hal Jordan pelo consideravelmente mais jovem Rayner. Após o retorno de Jordan como um Lanterna Verde na mini-série Green Lantern: Rebirth (2004 - 2005), e no evento Crise Infinita (2005), Rayner retomou a identidade de Ion, que ele usou durante o início de sua carreira como Lanterna Verde. Rayner é filho de Aaron e Maura Rayner.
 
O último Lanterna Verde

Antes de ganhar o anel energético de Lanterna Verde, Kyle Rayner era artista plástico que lutava pela sobrevivência. Inicialmente, ele morou e trabalhou em Los Angeles. Depois que Hal Jordan, tomado pela fúria graças a destruição de sua cidade natal Coast City, seguiu em uma trilha de destruição, matando ou tomando o poder de membros da Tropa dos Lanterna Verdes, incluindo praticamente todos os Guardiões do Universo, Rayner foi encontrado por Ganthet, o último Guardião sobrevivente, e ganhou o último anel energético, a poderosa arma dos Lanternas Verdes, que permite ao portador conjurar qualquer tipo de matéria ou energia através de força de vontade. As razões de Ganthet ter escolhido Kyle para portar o anel nunca ficaram claras, além do fato de Rayner estar no lugar certo na hora certa. Rayner se mudou para Nova York.

Sua namorada, Alexandra DeWitt, ajudou Kyle no treinamento de super-herói. Mais tarde, ela seria assassinada pelo vilão Major Força. Kyle mais tarde se envolveria com Donna Troy, e posteriormente com Jade, filha do ex-Lanterna Verde Alan Scott.

Kyle cresceu sendo um fã dos feitos de Superman e Batman, apesar de ter tido apenas um conhecimento vago sobre os vários Lanternas Verdes da Terra. Isso logo mudou, e ele descobriu que o anel energético era a expressão definitiva da sua imaginação. Quando está na batalha, ele comumente usa o anel para construir praticamente qualquer coisa que sua mente artistíca pode imaginar: outros super-heróis, personagens de anime, criaturas mistícas, mechas, armas futuristas e personagens de seus próprios quadrinhos. Enquanto alguns questionavam a praticidade dessas construções, elas comumente faziam de Kyle um oponente imprevisível.

Recentemente em suas histórias, a mãe de Kyle fora infectada por um vírus desconhecido, (e depois foi revelado sendo um dos membros da Tropa Sinistro que fizera isto), então ela não resiste e acaba morrendo. Isto e outros fatores acaba fazendo com que a entidade Parallax encarne em Kyle e o então líder da Tropa Sinestro faz "sua cabeça" para que ele mate a todos. Claro que com a ajuda dos amigos, Kyle "volta a sí" após ver um quadro pintado por sua mãe... Isto faz ele relembrar seu real motivo na batalha e com a ajuda do poder de Hal Jordan, Parallax é expelido de seu corpo.

Após estes eventos, Kyle Rayner volta a ser um legítimo Lanterna Verde e não mais Íon - uma entidade super poderosa (não precisa de anel e bateria para descarregar energia) que os Guardiões do Universo concebeu ao joven Kyle à se tornar após a morte de Jade (filha do Lanterna Verde Alan Scott).

Hoje Kyle faz parte da tropa dos Lanternas e nas histórias da "Contagem Regressiva para a Crise Final" e "Contagem Regressiva para a Aventura" ajudou na busca do Eléctron - Ray Palmer, junto com Jason Todd, Donna Troy e o monitor "Bob" (que em todo tempo parecia um "amigo" mas na verdade queria matar o Ray Palmer).

Ele deixou a identidade de Ion para o Daxamita Sodam Yat que é namorado da tambem lanterna Arisia.

Kyle vê Hal Jordan como um idolo apesar de tudo que aconteceu ao mesmo. Durante a Guerra dos Anéis, Kyle, Hal enrentavam o maligno Sinestro sem seus anéis, e após Hal conseguir drenar o poder do anel de Sinestro com o cranio de um caçador. Kyle e Hal lutaram no mano a mano contra o vilão e venceram.