Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

Aquaman - Terra 2

Na cronologia DC Pré-Crise, foi descoberto que havia um Aquaman na Terra 2 em All-Star Squadron 60. Ele também era chamado Arthur Curry e não era atlante. Sua aparencia é igual ao Aquaman clássico só que com luvas amarelas em vez de verdes. Ele era humano e havia aprendido com seu pai, famoso explorador aquatico, a retirar oxigênio da água puramente respirando-a. Seu pai parece ter descoberto os vestígios de Atlantis também. Este Aquaman é o mesmo que surgiu nas páginas de More Fun Comics. O Aquaman da Terra 1 começou suas aventuras só em meados dos anos 50. Sua última aparição foi em All-Star Squadron 60, de 1986 (mas a história representava os anos 40, então não há registro se ele ficou vivo até Crise). Como os outros sósias da Terra 2, deixou de existir. Fonte : Wikipédia  

Snapper Carr

Lucas “snapper” Carr é um personagem fictíciodo Universo DC Comics, considerado um personagem de apoio da Liga da Justiça,embora tenha sido descrito como mascote da LJA. Sua primeira apariça ocorreu emThe Brave and Bold # 28, escrita por Gadner Fox e Desenhada por Mike Sekelowsky. Em uma das primeiras aventuras após afomação da liga da Justiça, a entidade espacial Starro ataca  e domina todos os habitantes da cidade , coma execeção de Snapper, que por uma conscidencia teria espalhado cal sobre o seugramado. Diante deste fato, Hal jordam se recorda que a maioria dosinvertebrados marinhos , são sensíveis ao cal, e aliga acaba usando o cal paraderrotar Starro. Após este evento, sanapper torna-se membro hononário da liga eacaba paricipando de algumas missoões.

Mulher-Maravilha - Terra 2

A Mulher-Maravilha da Terra 2, também chamada de Mulher-Maravilha da Terra Paralela, ou Mulher-Maravilha da Era de Ouro, é uma personagem da DC Comics, e uma versão mais antiga da Mulher-Maravilha a qual conhecemos. Ela habitava a Terra 2, que era uma dimensão onde habitavam originalmente os heróis da Era de Ouro. A editora DC, ao realizar a série Crise nas Infinitas Terras retirou a existência desse personagem de sua cronologia. Recentemente, com a Crise Infinita, a Mulher-Maravilha da Terra 2 fez uma breve aparição, aconselhando a atual Mulher-Maravilha. Origem Mulher-Maravilha da Terra 2, assim como sua contraparte moderna, é a princesa da Ilha-Paraíso, filha da rainha das amazonas, Hipólita. Sua mãe a criou a partir de uma imagem de barro, a qual os deuses do Olimpo deram vida e presentearam com superpoderes: ela tinha a sabedoria de Minerva, a força de Herácles, a beleza de Afrodite e a velocidade de Hermes. Já adulta, ganhou um torneio entre as amazonas e foi enviada para o &q

Morcego Verde

O Morcego Verde, cujo alter-ego é o conhecido Zé Carioca é um super-herói Disney. Foi criado por Ivan Saidenberg, inspirado no Morcego Vermelho (Peninha), que ele também criou, e parodia o Batman. Sem nenhum super-poder, e inspirado pelas histórias em quadrinhos do Morcego Vermelho, de quem é fã, o Zé Carioca sai fantasiado de Morcego Verde (fantasia que também foi atualizada junto com o personagem) para combater o crime de Vila Xurupita. Sempre utiliza sua lábia para ludibriar os malfeitores, sempre acaba fugindo da briga. Inferniza a vida do Delegado Porcôni, chefe da delegacia de Vila Xurupita, a quem, para irritá-lo mais ainda, chama sempre de Comissário (referência ao Comissário Gordon das histórias do Batman). Tenta sempre ajudá-lo, com sucesso, mas métodos e ações que fazem o delegado sempre se arrepender. Todos na Vila, inclusive seus amigos e namorada, sabem que o Morcego Verde é o Zé Carioca, embora ele desconverse. Seu fiel ajudante é o Nestor, que carrega para todo la

Morcego Vermelho

Morcego Vermelho, criado por Ivan Saidenberg (inspirado numa ilustração do italiano Giovan Battista Carpi) para os Estúdios Disney no Brasil, é um alter-ego do personagem Peninha, produção da Editora Abril que o publicou pela primeira vez em 1973. Ele é um super-herói, paródia do Batman, e originariamente somente o Pato Donald conhecia sua identidade secreta. O Professor Pardal é quem cria seus apetrechos-morcego, que frequentemente dão errado. Os mais utilizados são o pula-pula morcego, o bate-morcego e a moto-morcego. Sua base fica no Beco do Morcego, onde habita a lata-de-lixo morcego. Tem como um de seus maiores fãs o Zé Carioca, que adora se vestir de Morcego Verde. A namorada de Peninha, Glória, também é uma heroína nas horas vagas, a Borboleta Púrpura. Frequentemente ela e o Morcego se encontram.

Superpateta

Super Pateta é a identidade de super herói do Pateta. Ele ganha temporariamente super poderes parecidos com o do Superman, quando come o super amendoim, que nasce em seu quintal. O efeito da planta dura pouco, por isso ele carrega sempre vários amendoins de reserva, dentro do chapéu. O Superpateta também recebe a ajuda de seu inteligentíssimo sobrinho Gilberto, que às vezes come alguns super amendoins e se transforma-se no "Supergil", adquirindo assim, poderes iguais aos de seu "super-tio". Seu traje de super herói é um pijama vermelho, daqueles felpudos, tipicamente americanos (que vemos em filmes americanos de velho oeste), também usa uma capa azul presa por um alfinete. O Super Pateta foi criado por Del Curry e Paul Murry, em 1965, estrelando uma série americana própria até 1984. Seus primeiros inimigos foram o Doutor Tic-Tac, Doutor X e o Doutor Estigma. Durante os anos 70 e 80 teve várias histórias produzidas no Brasil, inclusive uma especial em que ele e

Superpata

Superpata (Paperinika) é uma super-heroína de ficção dos quadrinhos Disney, alter-ego de Margarida. Foi criada nos anos 70 por Guido Martina e Giorgio Cavazzano para os estúdios Disney da Itália. Superpata foi estabelecida como rival do Superpato em defesa do orgulho feminino de Patópolis. Superpata surgiu na história "Superpata e o Colar de Ariadne" ("Paperinika e il filo di Arianna"). Margarida, revoltada com as demonstrações de machismo de seu noivo Pato Donald e do Tio Patinhas, procura sua amiga Eugênia Lotreco (Genialina Edi Son), auto-intitulada "aluna do Professor Pardal". Eugênia compartilha suas idéias em defesa da mulher e se dispõe a criar para Margarida um uniforme e uma série de apetrechos super-heróicos semelhantes aos do Superpato, como as botas com rodízios nas solas, o cinto super-elástico e um colar de contas que contêm gás do sono. Apesar de sua primeira missão envolver o resgate de Donald do covil dos vilões, Donald jamais descobre qu

Superpato

Superpato (em italiano, Paperinik) é um super-herói fictício dos quadrinhos Disney, alter-ego de Pato Donald. Donald criou sua identidade super-heróica originalmente como meio de vingar-se secretamente de parentes como Tio Patinhas e Gastão, mas logo começou a combater outros adversários. Em 1969, várias crianças reclamavam aos editores da versão italiana dos quadrinhos do Pato Donald (Mondadori) que Donald sempre era o perdedor nas histórias. O roteirista Guido Martina e o desenhista Giovan Battista Carpi responderam dando a Donald um pseudônimo de super-herói chamado "Paperinik." O nome "Paperinik" é uma combinação dos nomes "Diabolik", um vilão fictício popular na época, e "Paperino", o nome italiano de Donald. Na versão francesa, ele chamou-se "Fantomiald", na versão alemã, "Phantomias" --- ambos baseado no mestre do crime Fantômas. Na Dinamarca, suas aventuras foram publicadas principalmente em livros pequenos chamad

Salomão Kane

Os nomes dos grandes aventureiros ingleses da Era Elizabetana (1533-1603) se transformaram, através dos séculos, em sinônimos de valor e ousadia. Foram soldados, marinheiros e exploradores que marcaram com suas façanhas o pano de fundo do final do século XVI. Foi nesse contexto que o escritor Robert E. Howard criou o soturno espadachim puritano chamado Salomão Kane. Assim como Francis Drake e Richard Grenville, Kane nasceu em Devonshire, oeste da Inglaterra, provavelmente por volta de 1530. Sabemos pouco sobre o início de sua vida, mas ele foi criado sob a ortodoxia puritana, uma foram específica de interpretar as Escrituras. Mas, a julgar por seu domínio do florete na idade adulta, parece certo que ele começou cedo a aprender a arte da esgrima, talvez com mestres da época como George Silver ou Austin Bagger

Kull

Kull é um dos mais célebres e violentos personagens criados por Robert E. Howard, segundo os contos, Kull nasceu em uma era selvagem, chamada Era Thuriana em 100.000 a.C., na Atlântida Pré-Cataclísmica. Kull era um jovem bábaro, nascido na Atlântida antes desta ter sido enconberta pelas àguas do mar. Abandonado pelos pais na floresta e criado por tigres, o menino viveu entre animais até que foi encontrado pela tribo do mar. Convivendo com os selvagens, ele atingiu a idade de se tornar um guerreiro, e o velho feiticeiro da tribo declarou que o espirito do tigre seria seu simbolo e seu protetor.  Dias depois, quando Kull e alguns companheiros chegavam de viagem à aldeia, o jovem atlante avistou uma multidão se prepando para queimar uma jovem. Revoltado ao saber que a nativa seria sacrificada por haver fugido com um pirata, e vendo que seria impossível salvá-la, ele a matou antes que o fogo tomasse seu corpo e a envolvesse num sofrimento insuportável. Considerado um traidor, todos se vo

Sonja

Red Sonja é uma personagem criada por Roy Thomas inspirada em contos de Robert E. Howard, ligada ao universo de Conan, o Bárbaro. História Sonja vivia na Era Hiboriana, numa fazenda da nação conhecida com Hirkânia. Nascida em uma família bastante modesta, sua mãe era uma mulher de grande fibra e seu pai, um mercenário aposentado. Juntos com seu dois irmãos, eles compunham um lar feliz. Todos os dias, o pai de Sonja pacientemente ensinava aos filhos homens o manejo da espada, enquanto à menina só era permitido assistir às instruções. A bela ruiva, contudo, não aceitava aquilo e, quer por orgulho, quer por ciúme dos seus irmãos, todas as noites saía escondida para praticar o que lhe era proibido. De repente, num agradável dia de outono, uma tropa de mercenários surgiu das montanhas. Eram antigos companheiros de seu pai, convidando-o a unir-se a eles para a campanha de inverno, onde iriam agir no reino de Khitai. Recusando o convite, o velho foi morto pelos ex-companheiros. Em seguid

Conan

Conan, o Bárbaro é o maior personagem da literatura de fantasia heróica -- ou "espada & feitiçaria" (sword and sorcery). Criado pelo escritor texano Robert E. Howard em 1932. Fez sua primeira aparição na revista pulp Weird Tales no conto chamado "The Phoenix on the Sword" (em português, A Fênix na Espada). Howard escreveu mais dezenove histórias e um romance protagonizados pelo personagem (três dos contos só publicados após sua morte), sendo que outros escritores de renome também criaram histórias de Conan ou reescreveram contos, a partir de sinopses e fragmentos originais após 1936, ano em que Howard se suicidou. Dentre esses recuperadores e continuadores da obra de Howard se destacam L. Sprague de Camp e Lin Carter. As histórias de Howard sobre Conan -- e também sobre Kull, o rei da Valúsia, uma criação anterior a Conan -- ajudaram a definir o formato da fantasia heróica como subgênero da fantasia: A ênfase em um herói que é um poderoso guerreiro, hábil espa